Dicas para diminuir o isolamento do empreendedor – com Flavio Maluf

A jornada do empreendedor, por natureza, pode ser considerada uma forma de isolamento. Afinal de contas, o que poderia ser mais íntimo do que acreditar em algo que mais ninguém acredita? Ora, a caminhada é iniciada a partir do nascimento de uma ideia ou produto em sua cabeça para, em seguida, trazer à realidade uma empresa, que não é apenas algo externo: ela também é parte de você. Isolar-se para dar conta das atividades é, de certa forma, admissível e conveniente para tocar o negócio. Existe a contínua cobrança por resultados pelo próprio empreendedor; a pressão – mesmo que velada – dos amigos e familiares pela escolha profissional e diversos outros fatores que podem afetar o psicológico. Todavia, o isolamento excessivo pode ocasionar resultados bastante danosos, reporta o empreendedor e executivo das empresas Eucatex, Flavio Maluf.

Segundo levantamento realizado por cientistas da Universidade da Carolina do Norte e publicado em janeiro do ano passado, a solidão acarretada por isolamento aumenta a chance de aparecimento de doenças cardíacas, câncer e AVC. Este panorama revela o perigo à saúde, podendo ser comparada à falta de prática de atividade física pelos jovens ou a diabete aos mais idosos. O estudo investigou a solidão nos mais diversos estágio da vida, contudo, percebe-se de forma geral que o excesso de isolamento é prejudicial e afeta o ser humano de forma mais negativa do que positiva. Por conta disso, o empreendedor deve sempre buscar maneiras de se esquivar do isolamento – ou pelo menos prevenir-se dos seus malefícios, noticia Flavio Maluf.

Busque um colaborador

Dispor de um parceiro ou sócio é fundamental para que o empreendedor se mantenha distante do isolamento. Além disso, pode ser altamente vantajosa a parceria de alguém que também esteja buscando sucesso profissional e, de quebra, reporta Flavio Maluf, contar com as habilidades complementares do colaborador no cotidiano da empresa.

Aumente o network

Manter-se ativo e conectado com outros empreendedores também é uma dica válida. Busque fazer parte de grupos com outros profissionais que possuam os mesmos objetivos; com o advento da internet, tudo está mais fácil. Participe de eventos, feiras e conferências. Tenha em mente que o ser humano é um organismo social e que a necessidade de buscar associação a grupo, comunidade ou equipe é perfeitamente normal, cita Flavio Maluf. Desta forma, não renegue a natureza e esteja sempre disposto a conhecer novas pessoas.

Trabalhe em um Coworking

Você sabe o que é um Coworking? Nada mais que um espaço compartilhado, com todos os recursos de um escritório convencional. O ambiente pode reunir pessoas de diversas empresas e diferentes áreas de atuação, inclusive, profissionais liberais. Desta forma, ao invés de comandar o negócio a partir da sua casa, considere alugar uma mesa em um espaço compartilhado. Naquele espaço você conhecerá profissionais que poderão ajudar a solucionar dúvidas ou problemas, além de poder encontrar oportunidades para seu próprio negócio. Não permitir que o isolamento em excesso coloque em risco seu desenvolvimento como empreendedor é fundamental, afinal de contas, o empreendedorismo é umas das ferramentas proporciona o desenvolvimento da sociedade, reporta Flavio Maluf.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.