Conteúdo para sites para celular: regras de criação

Se a otimização do site se resume ao design responsivo, podemos dizer com segurança que você não fez nada. Os usuários aprendem páginas para celular de maneira diferente dos sites para computador. Nesta postagem, mostraremos como a interação entre o usuário e o site móvel e para computador difere.

Qual é a diferença entre interagir com um site para celular e computador? As sessões móveis são 18% mais curtas que as de desktop. Porque:

Os dispositivos móveis são multifuncionais e operam no modo multitarefa – enquanto pesquisam e estudam informações, o usuário recebe mensagens e chamadas, notificações de aplicativos telefônicos padrão (calendário, notas, etc.);

Estabilidade da conexão – depende da qualidade da cobertura da rede móvel;

Dependência da carga do dispositivo – os aparelhos modernos estão equipados com baterias simples e as telas de nova geração (HD 720 x 1280, Full HD 1920 x 1080 e Quad HD 2560 x 1440) não favorecem a economia, essas telas literalmente esgotam a bateria diante de nossos olhos;

Contexto – uma situação em que o usuário recorre a uma pesquisa móvel por informações. Como regra, são momentos de necessidade urgente: como passar, como funciona, como fazê-lo, como pagar, o que fazer, etc.

Tamanho da tela – Na busca da usabilidade e da simplificação da interação, os otimizadores esquecem que o conteúdo padrão da área de trabalho está se tornando inadequado para o consumo de dispositivos móveis.

Qual deve ser o conteúdo para sites para celular – Esqueça como “os usuários leem online”. Ao desenvolver um layout de página, os otimizadores se baseiam no modelo F de leitura de páginas da web. Em um estudo de rastreamento ocular, verificou-se que, ao analisar as informações no site, o olhar do usuário se move de acordo com um determinado modelo semelhante à letra “F”. Todo o problema é que o estudo foi realizado em 2006, quando qualquer interação do usuário com o site ocorreu no desktop. Ler a partir de uma tela móvel é fundamentalmente diferente de ler a partir de um desktop. O princípio do modelo F não é aplicável a dispositivos móveis. O tamanho da tela do celular não é suficiente para que o olhar do usuário se mova da esquerda para a direita e de baixo para cima. Principalmente a parte central da tela cai no campo de visão do usuário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *