Artes e tecnologia: museus da Itália passam a permitir visitas de modo virtual

O isolamento social imposto ao mundo não impediu com que as pessoas conferissem manifestações artísticas. Cantores e outros artistas passaram a fazer transmissões em tempo real e dos mais variados tipos. O mesmo ocorre em relação às artes plásticas. O IIC (Instituto Italiano de Cultura), localizado no estado do Rio de Janeiro, disponibiliza materiais inéditos e gratuitos de instituições culturais italianas.

Dentre as notícias relativas ao assunto, destaca-se uma publicação da Istoé Dinheiro, em que Lívia Raponi, atual diretora do IIC, explica que a instituição em que atua tem funcionado como uma espécie de ponte entre os apreciadores da arte e os museus italianos que começaram a oferecer as visitas virtuais. A executiva do instituto também ressaltou achar importante que os brasileiros tenham esta facilidade no momento que desejarem conhecer tais museus.

Além das instituições que atuam como acervos de obras de arte, Lívia destacou que o próprio IIC conta com uma rica produção de conteúdos que ficam permanentemente disponíveis aos interessados. Mencionando a campanha italiana “A cultura não para”, a diretora do instituto citou que trata-se de uma ação para que diversos tipos de artes se mantenham vivas, mesmo em períodos como o que a humanidade tem vivenciado. O instituto também se volta à outras áreas, como a culinária, por exemplo.

Lívia destacou que houve grande adesão por parte dos museus localizados na Itália. As formas como as visitas virtuais são organizadas é que se diferenciam, enfatiza a gestora. Segundo ela, algumas destas instituições de arte disponibilizam curadores para atuarem como guias durante as visitações. Outras, contudo, se baseiam em aparatos de ordem mais tecnológica, promovendo ações de visibilidade de 360 graus aos usuários.

Há ainda um museu que foi além do que se esperava para esta proposta, se surpreende Lívia. Trata-se do Maxxi, uma instituição cuja administração tornou disponível uma série de interações com especialistas de áreas distintas, tais como da psicanálise, escrita, profissionais da dança contemporânea, bem como curadores de arte. Sempre com o viés cultural, ela explica que este local promove tais ações com o objetivo de suscitar trocas multidisciplinares.

Saiba mais:

https://www.istoedinheiro.com.br/museus-italianos-oferecem-visitas-virtuais/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *